Tamanho das fontes
29 de outubro de 2019 por Ceir

Dia Mundial do AVC: doença é a principal causa de tratamento no Ceir

No Dia Mundial de Combate ao Acidente Vascular Cerebral (AVC), a Associação Reabilitar e o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) fazem um alerta para a importância da mudança de hábitos de vida para a prevenção da doença, que é a principal causa de tratamento no Ceir.

Desde 2009, quando a instituição foi inaugurada, até hoje, 1028 pacientes já deram entrada para tratar sequelas da doença, que é a segunda maior causa de mortes e a primeira de incapacidade no Brasil, mas que poderia ser evitada em 90% dos casos, apenas com a adoção de uma vida mais saudável. Em comparação, os atendimentos decorrentes de trânsito que somam 530 casos.

Para chamar a atenção para esses dados, desde o dia 21 de outubro, a Associação Reabilitar, através do Projeto Pense Bem AVC, promove a Semana do AVC, que, neste ano, trouxe a Teresina a Exposição Interativa do AVC. “A intenção é levar à população informações e orientações sobre como prevenir, identificar e proceder corretamente diante de uma emergência. Estamos tirando dúvidas sobre o assunto e mostrando que é possível superar a doença, além disso informando como o rápido diagnóstico pode evitar ou minimizar a gravidade das sequelas”, diz a enfermeira Fabiana Gomes, coordenadora do Projeto.

A Exposição já esteve em locais como Teresina Shopping, Instituto Federal do Piauí (IFPI), Ceir e, nesta terça-feira (29), estará na Biblioteca Comunitária Carlos Castelo Branco, na Universidade Federal do Piauí. Neste dia, em alusão ao Dia Mundial de combate ao AVC, a Ponte Estaiada será iluminada de azul e será realizado um ato simbólico.

“É muito importante e interessante esse tipo de informação ser divulgada massivamente. No meu caso, moro com minha mãe e a gente nunca sabe quando o AVC poderá acontecer. Com a Exposição, aprendi os principais riscos, sintomas, como se prevenir e como estar preparado para agir”, diz o estudante Rodrigo Araújo.

Dando continuidade à programação da Semana do AVC, no dia 30 de outubro, a Exposição estará no Instituto Dom Barreto, de 7h às 18h, e às 10h será realizada uma Sessão Solene na Câmara Municipal de Teresina em Alusão ao Dia Mundial de Combate ao AVC. Já no dia 31 acontece o encerramento da Exposição Interativa do AVC, no Sesc Ilhotas, de 8h às 17h.

AVC

Um AVC acontece quando há rompimento ou entupimento em uma artéria ou veia dentro da cabeça. Existem dois tipos da doença: o isquêmico e o hemorrágico. O primeiro caso é mais comum e ocorre quando há a obstrução ou redução brusca do fluxo sanguíneo de uma artéria cerebral. O outro é mais grave, sendo causado pela ruptura espontânea de um vaso dentro ou ao redor do cérebro, com o vazamento de sangue no organismo.

“Alguns dos sintomas mais conhecidos é a dor de cabeça, perda temporária da visão em um dos olhos, visão embaçada ou dupla visão. Acontecem também tonturas, formigamento, dormência no rosto, fraqueza muscular, além de paralisia de um lado do corpo. A pessoa ainda pode apresentar dificuldade de conversar ou entender o próprio idioma”, explica a coordenadora do Projeto Pense Bem AVC, Fabiana Gomes.

Em muitos casos, os pacientes que se recuperam de um derrame, como a doença também é conhecida, podem desenvolver algumas sequelas, como a espasticidade.  A condição é extremamente debilitante e leva a um descontrole do tônus muscular, provocando rigidez, dificuldade de movimento da região acometida e ainda muito dor, afetando mais de 60% dos pacientes.

Endereço

CEIR
Avenida Higino Cunha,
Nº 1515, Bairro Ilhotas

CEP: 64.014-220
Teresina - Piauí

Receba nossos informativos

Deixe o seu e-mail aqui.

(86) 3198-1500
ceir@ceir.org.br

Gestão

© Copyright 2016 - Todos os direitos reservados ao CEIR