Tamanho das fontes
05 de abril de 2019 por Ceir

Palestra encerra atividades da Semana da Conscientização do Autismo do Ceir

O Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) promoveu, entre os dias 2 e 5 de abril, a Semana da Conscientização do Autismo, em comemoração ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, celebrado no dia 2 de abril. Nesta quinta (4) e sexta-feira (5), como encerramento da ação, o setor de Serviço Social realizou rodas de conversa com o tema “A pessoa com Transtorno do Espectro Autista: desafios e perspectivas para a construção de uma sociedade inclusiva”.

A roda de conversa foi mediada pela assistente social do Ceir, Karina Sampaio, que falou sobre os direitos da pessoa com deficiência e o que a sociedade pode e deve fazer para buscar a inclusão social desse público.

 

“Nossa intenção é sensibilizar as famílias e cuidadores, assim com os terapeutas e sociedade em geral sobre a importância da inclusão social e que ela necessita da participação de todos. A gente luta e sempre diz que precisa de direitos, mas, por vezes, a gente não participa de ações que nos instruem sobre como podemos conquistar e acessar esses direitos. Então, para a gente conseguir chegar à inclusão social almejada para a pessoa com deficiência, e nesse caso especificamente do autista, nós temos que participar para poder dizer suas necessidades e potencialidades para que a gente possa conquistar essa inclusão e esses direitos sociais”, diz Karina.

Ao longo da semana, foram realizadas uma série de atividades voltadas para a conscientização do autismo, com estímulos sensoriais, visuais, de relações interpessoais e comunicacionais. A psicóloga Natália Vidal participou da ação e lembra que o Ceir busca abordar as datas comemorativas dentro das terapias, de modo que estimule a inclusão dos pacientes.

 

“Nessa semana comemoramos ao Dia da Conscientização do Autismo, com atividades dentro das nossas terapias, falando um pouco sobre a história do autismo e envolvendo todas as áreas da Reabilitação, entre elas, a Psicologia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Psicopedagogia, Musicoterapia, enfim, todas as áreas em que a gente possa estimular essas crianças. Trabalhamos não somente as crianças com autismo, mas também com aquelas que têm deficiência intelectual e síndrome de down. Nós procuramos envolver a todos, justamente porque o nosso desejo é que possamos levar cada vez mais informações e a inclusão de uma forma como um todo”, frisa a psicóloga.

 

Endereço

CEIR
Avenida Higino Cunha,
Nº 1515, Bairro Ilhotas

CEP: 64.014-220
Teresina - Piauí

Receba nossos informativos

Deixe o seu e-mail aqui.

(86) 3198-1500
ceir@ceir.org.br

Gestão

© Copyright 2016 - Todos os direitos reservados ao CEIR